Blog

Como dividir o orçamento familiar

Saiba como dividir o orçamento familiar de forma eficaz

Criar um orçamento familiar deve ser a primeira coisa a fazer para saber onde gasta o seu dinheiro! Sabe quanto ganha de salário líquido? Quais as suas despesas? E o que é um orçamento? É um plano financeiro que contempla em função do que recebe, quais são os seus gastos.

 

📌 Leia também:
Como poupar nas despesas da casa

Hábitos que vão mudar a sua vida financeira para melhor

 

5 dicas para fazer um orçamento familiar

 

1 – Como dividir o orçamento familiar

E de forma a saber exatamente como pode fazer um orçamento, aqui fica a divisão ideal das despesas para sua organização:

  • Despesas fixas: Renda ou prestação do Crédito Habitação, Transportes, Combustível e portagens, Alimentação, Despesas com a educação, creche ou ATL das crianças e saúde (medicação regular, seguro de saúde), etc., Despesas mensais com os Bancos.
  • Despesas Variáveis: Água, Luz, Gás, Telecomunicações, Reparações do automóvel, Prendas, Formações, Vestuário.
  • Despesas pontuais: Seguro automóvel, Imposto de circulação automóvel, Impostos com a casa, Férias, Cartões, Livros, Prendas de aniversário.
  • Outras despesas: Crédito ao consumo, Cafés e tabaco, Estética, Ginásio e bem-estar. Pode utilizar diversas plataformas no mercado, a Boonzi por exemplo ou mesmo o seu Banco pode ter uma aplicação disponível que o ajudará. Caso não queira utilizar estas plataformas, faça num ficheiro em Excel, ou outro, mas o importante é que faça!

 

2 – Definir metas financeiras

O que ganha apenas dá para pagar as contas? Poupar dinheiro parece ser uma meta de longo prazo que está sempre inalcançável?

Se você quer economizar dinheiro para uma viagem com a família ou se você gostaria de poupar dinheiro para gozar a reforma, estabelecer metas financeiras é um passo fundamental para proteger o seu o futuro e da sua família.

Não negligencie seus objetivos de curto prazo também. Seus objetivos financeiros podem incluir reduções rápidas em contas de serviços públicos, contas por assinaturas e, outras despesas que estão impedindo você de economizar mais dinheiro a cada mês.

 

3 – Evite ao máximo contratar mais crédito

Quanto mais crédito tiver, maior vais ser a sua taxa de esforço, mais dinheiro vai gastar e menos consegue poupar e acaba por se descontrolar nas despesas importantes e que fazem a diferença no orçamento familiar. Poupe primeiro para gastar depois.

 

4 – Planear as possíveis emergências financeiras

A criação de um fundo de emergência permite economizar dinheiro para despesas inesperadas, como por exemplo, algum problema de saúde.

Seguro de vida e saúde também podem proteger sua família de uma dificuldade financeira se algo acontecer consigo ou seu cônjuge. Os benefícios e a tranquilidade de tê-los em prática muitas vezes superam os custos. Analise bem várias propostas em diversas companhias.

 

5 – Viva dentro das suas possibilidades e não gaste mais do que tem

Ao acompanhar as suas despesas, decida quanto pode alocar para cada parte de sua vida. Faça um planeamento de quanto pode investir em habitação, alimentação, transportes, estilo de vida, seguros e impostos, educação, poupança, entre outros. Separe as verbas de acordo com a análise do rendimento do agregado familiar e faça contas sempre.

Portanto já sabe, para conseguir fazer um orçamento de forma eficaz, deve seguir todos estes pontos referidos anteriormente, que vão ajudar a gerir a sua vida financeira e a torná-la mais bem organizada. Se quiser saber mais, pode sempre fazer uma das nossas formações nesta área, de forma a estar constantemente atualizado(a) em assuntos tão importantes como, a gestão do seu dinheiro, com estratégias práticas e planos de atuação muito direcionados que vão fazer a diferença.

 

A não esquecer:

  • Quando regista está a tomar a consciência dos seus gastos e passa a ter um controlo sobre o seu dinheiro.
  •  Deve fazer o registo em família, para todos participarem, incluindo as crianças.
  • Acompanhe mensalmente e veja se teve algum desvio.
  • DESAFIO: Caso tenha um desvio, e quem for o responsável deve colocar 5€ no mealheiro e vai aumentando de mês a mês, caso não cumpra.

 

Quer saber mais sobre como fazer um orçamento familiar? Vamos conversar! 😉

Partilhar:
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on linkedin
LinkedIn