Blog

Poupar dinheiro para viajar

8 Dicas infalíveis para poupar dinheiro para viajar

Estamos numa altura do ano, que já convida a usufruir de férias, a fazer uma viagem e a fugir da rotina. Para isso deve existir um planeamento, de forma a que com toda a segurança, possa vivenciar os melhores momentos em família. E como todos também merecemos férias, para aproveitar ao máximo para relaxar, vamos também dar algum “descanso” à nossa carteira e não gastar para além das nossas possibilidades, certo? 😉 Como devemos e podemos, com moderação e segurança, desfrutar das férias para viajar, usufruindo ao máximo do tempo, sugiro a prática de oito dicas para poupar dinheiro para viajar. Vamos a isso?

 

📌 Leia também:
Como poupar nas despesas da casa

Hábitos que vão mudar a sua vida financeira para melhor

 

Dicas infalíveis para poupar dinheiro para viajar

 

1 – Amealhar primeiro

Uma das primeiras coisas a fazer é de preferência, ter podido amealhar algum dinheiro para ir de férias, de forma a não contrair empréstimos ao Banco. Se isto não acontecer só vai acumular mais dívidas e regressar de férias com a responsabilidade de ter que pagar uma prestação, juros, comissões, etc. As férias devem ser relaxadas, e não a pensar como vai fazer quando regressar.

Devemos fazer uma viagem e aproveitar ao máximo cada dia, porque o tempo passa depressa! É importante amealhar dinheiro com este objetivo, para não ser necessário recorrer ao Banco. Deve saber bem como pode conseguir poupar dinheiro para a sua viagem e fazer por isso.

 

2 – Definir um orçamento

É também muito importante criar um orçamento para o que vai gastar. Para isso é importante saber exatamente para onde, como e o que vão gastar antes, durante e no final das férias para ter tudo organizado financeiramente, de forma a evitar gastos supérfluos. Uma pesquisa on-line, poderá ser uma grande ajuda no planeamento da viagem e das despesas aliadas a mesma! 

 

3 – Não gastar mais do que pode

Escolha uma viagem, de acordo com o valor definido em família, mediante os rendimentos do agregado familiar. E porque não uma férias cá dentro? Existem sítios muito bonitos e em conta que podem e devem ser visitados, de norte a sul de Portugal. Podemos usufruir de umas férias confortáveis financeiramente, se soubermos como vamos gastar o dinheiro para esta finalidade ou objetivo, isto porque quando viajamos em família temos que multiplicar os gastos por 3 ou 4 vezes e é importante termos em consideração todos os gastos, para economizar nas pequenas coisas que podem fazer a diferença no somatório final.

Aqui ficam alguns locais muito interessantes de se conhecer: Parque Natural do Alvão, Parque Nacional da Peneda Gerês, Rota Vicentina, Parque Natural de Montesinho, Serra da Arrábida, Douro vinhateiro, entre outros. Pode também aproveitar para escolher uma estadia mais em conta nestes locais e beneficiar das belíssimas paisagens que cada um oferece. Lembre-se de comparar preços de hospedagens no Airbnbn, Booking, entre outras 😉

 

4 – Faça refeições em casa

Fazendo refeições em casa, ou levando marmita para o trabalho, deixa de gastar dinheiro em refeições fora e consegue economizar dinheiro para as suas férias. Tome nota ao final de um mês, quanto consegue poupar em jantares fora com família ou amigos e a que pode equivaler esse valor numa viagem. Pode muito bem significar o pagamento de uma excursão.

Além disso, não tem mal nenhum cozinhar e preparar refeições na sua “casa de férias”! Cozinhar em família e preparar marmitas diferentes para um dia de praia  ou pirquenique pode ser muito mais divertido (e saudável!) do que pensa. Vamos experimentar?

 

5 – Uma renda extra

Se o seu objetivo é sem dúvida viajar, então porque não trabalhar para ganhar uma renda extra? Essa renda extra pode ser por exemplo, fazer bolos ou sobremesas para vender, ou fazer trabalhos de escrita, organização pessoal, aulas particulares… algo que possa trazer mais algum valor ao final do mês. Quando estamos a “trabalhar” para concretizar algo que nos vai fazer bem ao corpo e à alma, o tempo vai passar a correr e toda recompensa é bem-vinda 🥰

Há vários sites que conectam freelancers com o mundo corporativo: Zaask, Fiverr, Upwork, Freelancer.pt, etc.

 

6 –  Roupa em segunda mão

A roupa em segunda mão que muitas vezes vemos em feirinhas, pode ser muito interessante e ainda ajudar a concretizar o objetivo principal que é o de juntar dinheiro para a viagem. No caso da roupa para criança, pode também ser uma boa opção e existem inúmeras lojas com este conceito e com preços bem mais em conta. Pode utilizar estas lojas quer seja para comprar as suas roupas, como também para vender o que não usa mais. Aqui vai uma lista delas: Ecoa, Recloset, LX Vintage, Wazed, etc.

 

7 – Deixe de fumar

São pequenos hábitos que podem fazer mal à nossa saúde e ao mesmo tempo à carteira. Mas acha que não consegue? 😬 Claro que consegue, só precisa de força de vontade! 💪 A poupança é muita, especialmente se fumar um maço por dia, ou seja, é o mesmo que dizer que na melhor das hipóteses 4,20€ por cada maço de cigarros, significa que por mês pode rondar os 126€. Em 6 meses consegue poupar 756€ e num ano cerca de 1512€. Já viu a diferença? Pode ao fim de um ano, fazer uma viagem, com a poupança alcançada.

 

8 – Venda o que já não usa

Muitas vezes temos coisas em casa que já nem nos lembramos, mas que podem ser uma forma de fazer renda extra e poupar dinheiro para viajar. Por exemplo, roupa, mobiliário, etc que já não usa, coloque em plataformas como o OLX ou Custo Justo, que são ferramentas que podem ajudar a vender.

 

De 1 a 8, por onde vai começar?
O foco é muito importante de forma a que a concretização seja mais fácil e atingir. O principal é começar!

Partilhar:
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on linkedin
LinkedIn
Scroll Up