Blog

A diferença entre independência financeira e liberdade financeira

As diferenças entre independência e liberdade financeira

Para que seja possível alcançar a nossa independência financeira, a poupança deve ser criada desde cedo. Por isso, caso tenha filhos pense nisso e fale com eles sobres estes assuntos, pois quanto mais cedo percebam que se podem tornar independentes, mais cedo alcançarão a independência financeira.

Uma das coisas mais importantes associadas ao planeamento, passa por saber exatamente qual é o dinheiro que pode colocar de parte, por quanto tempo, acompanhar estes pontos e não esquecer que sempre que seja possível deve fazer reforços para engordar rapidamente a poupança e conseguir chegar ao objetivo estabelecido. O reforço, por exemplo, pode ser o IRS – caso receba, subsídio de férias, etc.

E claro, não gaste mais do que o que tem previsto no seu orçamento, para melhorar a sua gestão financeira e da sua família.

Planeie a curto prazo com a criação de um Fundo de Emergência e a longo prazo a pensar na reforma com a criação de um PPR, são dois objetivos cruciais e que devem ser colocados em cima da mesa, para que a nossa vida possa ser mais tranquila.

 

📌 Leia também:
Melhores investimentos para 2021

Hábitos que vão mudar a sua vida financeira para melhor

 

Conheça o que são e quais as diferenças entre independência e liberdade financeira

O que é a independência financeira?

É quando consegue viver dos rendimentos gerados por investimentos que tenha feito, ou seja, tem o dinheiro a trabalhar para si, quando tem valores acumulados que lhe permitam colmatar todas as suas despesas ou necessidades mensais. Desta forma não está dependente de salário para pagar os seus compromissos que tem todos os meses, dado que o valor que tem acumulado vai permitir durante um determinado período viver tranquilamente.

 

O que é independência financeira?

É quando consegue atingir um patamar tal que lhe permite tomar decisões financeiras com maior tranquilidade, respeitando sempre os objetivos e desejos associados e definidos previamente. Com a liberdade financeira pode tomar decisões como por exemplo, mudar de profissão, podendo se focar no que verdadeiramente interessa e gosta, não sendo a questão financeira um entrave.

Alcançar a independência financeira está diretamente ligada à quantidade de dinheiro que é necessário para que possa pagar as suas despesas mensais despreocupadamente.

É possível continuarmos a trabalhar para gerar ainda mais retorno, acumulando património financeiro, que poderá ajudar a chegar lá mais rápido. 

Quando abordamos estes conceitos podemos pensar que uma pessoa que tenha, por exemplo, uma quantia interessante num Fundo de Reserva, pode conquistar a liberdade financeira, mas pode significar estar ainda longe da independência financeira.

 

Conclusão:

Na prática estes dois conceitos complementam-se. Por isso se o seu objetivo é alcançar a independência financeira, não se deve esquecer de ter a atenção, em primeiro lugar, que deve conquistar a liberdade financeira que é mais fácil e pode abrir caminhos para poder chegar à tão desejada independência financeira.

 

Precisa de ajuda para criar um plano, rumo a sua independência e liberdade financeira? Vamos conversar!  🙂

Partilhar:
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on linkedin
LinkedIn
Scroll Up