Blog

Orçamento familiar: o que é, qual é a sua importância e como fazê-lo?

Orçamento familiar: o que é, qual é a sua importância e como fazê-lo?

Para iniciar o hábito de poupar, é muito importante começar por criar disciplina nos gastos. A falta de disciplina, que significa começar e não dar continuidade, nem sempre corre da melhor maneira, porque muitas vezes tenta-se arranjar uma desculpa para gastar. É com a chamada rotina de controlo de gastos que conseguimos aprender e perceber exatamente onde estamos a gastar o nosso dinheiro e se faz sentido ou não. Afinal, gastar é fácil, difícil é poupar!

Devemos priorizar os gastos de forma amenizar as despesas supérfluas que muitas vezes existem. Para isso, podemos recorrer ao orçamento ou orçamento familiar.

 

📌 Leia também:
5 perguntas sobre dinheiro que todos devemos fazer

Hábitos que vão mudar a sua vida financeira para melhor

 

O que é um orçamento familiar e qual é a sua importância

O que é um orçamento familiar?

Um orçamento é um plano financeiro criado estrategicamente para reduzir custos e tomar consciência dos gastos. Este orçamento deve ser criado para os vários tipos de despesas que tenha ao final do mês. 

 

Importância do orçamento familiar

Um dos princípios fundamentais das finanças pessoais, é perceber onde e porquê gastamos o dinheiro e se faz sentido, continuar com os gastos registados ou se é necessário rever algum, para encontrar forma de o reduzir.

 

Como fazer um orçamento familiar?

A primeira coisa a fazer é saber exatamente onde e como está a gastar o seu dinheiro. Depois, deve definir as metas e os objetivos de curto, médio e longo prazo. Nota muito importante: o acompanhamento dos seus gastos é fundamental para que tudo corra conforme previsto!

O orçamento criado, deve então ser analisado todos os meses, para ver se existiu algum desvio do previsto e se questionar o porquê para não voltar a acontecer.

Importante: controle bem os seus gastos. Ao final do mês, sabe onde gasta o seu dinheiro? Detalhadamente? Se não sabe, é importante que saiba! Para isso, existem inúmeras ferramentas gratuitas na internet, mas também serve uma folha de papel ou uma simples tabela de Excel. O registo dos gastos permite acompanhar a evolução.

Cada vez que regista os gastos e proveitos, vai tomando consciência dos seus gastos e se não está a ultrapassar o orçamento, ou seja, se não está a gastar mais do que deve e a estar constantemente no vermelho. Quanto maior for a consciência, maior é a motivação para pensar o que poderia fazer se estivesse a canalizar parte dos gastos para uma poupança e dessa forma poder concretizar um objetivo, um sonho.

E já sabe que a organização da nossa vida financeira só depende de nós e o que custa é começar, depois tudo se orienta e se organiza e com um orçamento bem feito em família e um planeamento bem traçado da sua vida financeira familiar vai ajudar a melhorar e muito as finanças lá de casa.

 

Junte-se a um especialista para ajudar a sua família a conseguir traçar um plano, com resultados ao final do primeiro mês, como já fizeram famílias que estavam a atravessar algumas dificuldades porque estavam a gastar acima das possibilidades. Quando é identificado onde a família está a ter custos mais elevados, buscamos alternativas que ajudem a reduzir significativamente gastos supérfluos, criar fontes de rendimento extra e ainda introduzir a poupança continua com o foco nos objetivos definidos.

 

Precisa de ajuda para organizar o seu orçamento familiar? Vamos conversar! 😊

Partilhar:
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on linkedin
LinkedIn
Scroll Up